Projeto Manaós: Comitê Gestor é apresentado ao SAJ Insights

17/09/2019 | 2 min. de leitura

O painel de indicadores do Manaós foi lançado durante uma capacitação dos integrantes do Comitê Gestor do programa na sala de Reuniões da Presidência do TJAM. Foto: Raphael Alves/TJAM

Ferramenta permitirá o acompanhamento dos indicadores das unidades judiciárias e o cumprimento das metas do Projeto Manaós.

Representantes do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) participaram na última segunda-feira do primeiro treinamento do Projeto Manaós. A capacitação foi voltada para os membros do Comitê Gestor do Projeto. Na oportunidade, eles foram apresentados ao SAJ Insights.

O SAJ Insights é uma ferramenta de ciência de dados e Inteligência Artificial que oferece painéis com os principais indicadores das unidades judiciárias. Será por meio dele que os magistrados e servidores do TJAM poderão acompanhar o desempenho das Varas e Comarcas.

“Teremos também painéis no SAJ Insights exclusivos para o monitoramento do Projeto Manaós, como a implantação nas diversas Varas. O Comitê Gestor também poderá acompanhar o desempenho das novas funcionalidades implantadas”, explicou o gestor de projetos da Softplan, Robers Bordignon.

O treinamento ocorreu na sala de reuniões da presidência do TJAM, na Sede da Corte, e foi ministrado pela analista de negócios Priscila Vieira e pelo analista de sistemas Gustavo de Oliveira, ambos representantes da Softplan.

Como integrantes do Comitê Gestor do projeto, participaram do treinamento o juiz auxiliar da presidência do TJAM, Alexandre Henrique Novaes; o diretor da Divisão de Tecnologia da Informação e Comunicação (DVTIC/TJAM), Thiago Facundo; o diretor da Divisão de Divulgação/TJAM, Álvaro Corado e o coordenador de Fiscalização e Auditoria do SAJ/TJAM, Eduardo Pinheiro.

Objetivos do Projeto Manaós

“Apesar de termos um domínio razoável do SAJ, percebemos que existem várias ferramentas que ainda não conhecemos e que podem facilitar o nosso dia a dia. Além disso, com o Manaós teremos toda uma mudança no fluxo, o que, como pude perceber nesses dias de treinamento, vai facilitar muito toda a nossa atividade”, disse Evelyn Rebelo dos Santos Figueira, diretora de secretaria da 5ª Vara de Família do TJAM.

Por meio da tecnologia e do investimento em capacitação de servidores e magistrados, o TJAM pretende aprimorar a prestação jurisdicional com a potencialização do Sistema de Automação da Justiça (SAJ). O SAJ é a solução adotada pelo TJAM há mais de duas décadas para fazer a gestão de seus processos judiciais.

Com o Projeto Manaós o TJAM também priorizará a capacitação de seus quadros. Pelo cronograma, até novembro de 2019, 400 servidores e 150 magistrados participarão de workshops. Depois de potencializar seus conhecimentos sobre o SAJ, os participantes replicarão as boas práticas dentro de suas áreas de trabalho. O projeto também abrangerá capacitações in loco e presenciais em 140 unidades judiciais do TJAM.

No último dia 3 de setembro, durante a reunião de apresentação do cronograma de ações do Manaós, os gestores do projeto ressaltaram que o objetivo da iniciativa é consolidar e elevar os indicadores de produtividade do TJAM, cujo retrospecto foi recententemente destacado no Relatório Justiça em Números, do CNJ.

Com informações da Assessoria de Comunicação do TJAM

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram