Diligências Digitais: Softplan destaca nova solução durante Enastic

25/04/2019 | 2 min. de leitura

Pensando em levar tecnologias cada vez mais disruptivas à Justiça e aos cidadãos, a Softplan participa nesta semana do Enastic.JE 2019, evento voltado ao ecossistema da Justiça que discute boas práticas no segmento.

A Softplan desenvolve o Sistema de Automação da Justiça (SAJ), adotado por Tribunais de Justiça de 9 estados. O destaque deste 6°Encontro Nacional de Tecnologia da Informação da Justiça Estadual, em Recife (PE), é a solução Diligências Digitais.

O Diligências Digitais apoia o trabalho dos Oficiais de Justiça e das Centrais de Mandados. Com ele, é possível distribuir os mandados aos dispositivos móveis dos oficiais e enviar remotamente as certidões. Desta forma, as diligências são cumpridas mais rapidamente. Isso, consequentemente, gera economia, já que centenas de papéis deixam de ser usados nas impressões. Esta tecnologia está sendo demonstrada ao vivo no estande da Softplan no evento.

Diligências Digitais no Enastic

A solução já está sendo usada por 200 oficiais de Justiça em Prova de Conceito (POC) nos Tribunais de Justiça do Ceará e de Alagoas. Pelo aplicativo do Diligências Digitais, eles juntaram até agora mais de 4 mil peças aos autos dos processos. As primeiras avaliações foram bastante positivas. Este feedback indica que a expansão na atuação no ambiente mobile é um caminho importante para a Justiça.

“Os Tribunais de Justiça têm hoje uma verdadeira imensidão de dados. Sem a ajuda da tecnologia e de soluções intuitivas, o trabalho pode ficar cada vez mais desgastante. O uso de uma solução mobile, como o Diligências Digitais, permite a gestão das informações de forma muito mais prática. Ainda garante uma agilidade muito maior aos trâmites processuais, já que os oficiais de Justiça recebem e enviam as certidões de modo instantâneo ao sistema de gestão de processos”, avalia Tiago Melo, especialista em inovação na Justiça da Softplan.

O Diligências Digitais pode ser adotado por todos os Tribunais que querem aperfeiçoar a gestão de suas Centrais de Mandados.

Inteligência artificial para a Justiça

O Enastic.JE ainda é espaço para que os operadores do Direito conheçam algumas novidade do SAJ 6, o sexto ciclo de evolução tecnológica do Sistema de Automação da Justiça. Esta sexta geração de tecnologia apresenta um sistema mais leve, apto para processamento em nuvem, incorpora recursos de inteligência artificial e muito mais funcionalidades.

Estas novidades vêm sendo estudadas e validadas com os usuários nos últimos dois anos. Ao longo dos próximos meses, todos os clientes SAJ receberão de forma constante uma série de atualizações. Todas as funcionalidades que já existem terão versões mais modernas, como a Pasta Digital, que já está sendo validada por alguns usuários. O sistema ainda oferecerá soluções inéditas, a exemplo do uso de inteligência artificial para a Justiça.

“Estamos num momento em que é preciso escalar a capacidade de trabalho. A tecnologia é fundamental para apoiar os profissionais em atividades mais repetitivas. O uso de inteligência artificial, por exemplo, permite que os especialistas se dediquem às atividades mais nobres, deixando para a tecnologia as ações que podem ser escaladas. O SAJ 6 foi pensado para aprimorar e facilitar o trabalho dos usuários. Ele será um agente fundamental da segunda revolução tecnológica na Justiça”, destaca Rafael Stabile, gerente de Produto da Softplan.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram