Softplan adota ferramentas da IBM para gestão de desenvolvimento

20/03/2015 | 4 min. de leitura

A Unidade Justiça (UNJ) da Softplan, que desenvolve soluções para promover a celeridade na Justiça brasileira, adotou a metodologia Scaled Agile Framework (SAFe) e o uso de ferramentas da IBM na gestão do desenvolvimento dos seus produtos.

A adoção das metodologias ágeis faz parte do Projeto Elos, estruturado de maneira corporativa e aplicado nas três unidades de negócio da empresa (Justiça, Gestão Pública e Construção Civil).

Conforme o gerente de Produto, Luis Fernando Fausto, em uma empresa do porte da Softplan na qual os mais 1,5 mil colaboradores trabalham em processos, produtos e cidades diferentes, acompanhar o ciclo de vida do desenvolvimento de softwares, assim como a manutenção dos produtos, é complexo.

“Chegamos a usar diversos sistemas para atendimento de demandas internas, externas e dos clientes. Com isso, precisávamos gerenciar nossas atividades com ferramentas sem ou com pouca integração entre elas, o que demandava um alto custo”, observa Fausto.

No desenvolvimento de softwares, a adoção de metodologias ágeis pode ser pensada como a disponibilidade contínua para criar, aceitar, e aprender com a mudança com o objetivo de aumentar o valor percebido pelo cliente.

Esse cenário apontou para a necessidade de uma solução que integrasse colaboradores, automatizasse os processos e unificasse a utilização das ferramentas para maximizar a qualidade das entregas e a eficiência operacional. Assim, nascia a ideia do Projeto Elos: “pessoas, processos e ferramentas unidos para fortalecer o elo mais importante: com nossos clientes”.

Depois das buscas por soluções de mercado que atendessem a necessidade, optou-se pela contratação de ferramentas da IBM, a maior empresa de Tecnologia da Informação (TI) no mundo.

Capacitações, treinamentos e consultorias ocorreram para a implantação de uma solução de Application Lifecycle Management (ALM) — no português, gerência do ciclo de vida das aplicações — que permite a gestão e o trabalho colaborativo em todo o ciclo de vida do desenvolvimento, desde o atendimento ao cliente até a entrega da solução final.

Com cronograma de implantação gradativa, o Projeto Elos se iniciou em outubro de 2014 e se estende até agosto.

A estrutura compreende duas frentes de atuação:

  1. Smart Cloud Control Desk (SCCD): software de Gestão de Serviços que será utilizado para a interação com clientes. Substituirá os portais de atendimentos aos clientes e é totalmente alinhado com os conceitos de ITIL (modelo de referência para gerenciamento de processos de TI mais aceito mundialmente).
  2. Rational: solução de gerenciamento de ciclo de vida do software que permite a colaboração em tempo real entre as equipes de desenvolvimento. Com base na plataforma Rational Jazz, da IBM, o Rational fornece a configuração do processo, orientação e estrutura de execução que podem suportar todo o ambiente de entrega de software.

Imagem2

A utilização do Framework SAFe em conjunto ao uso das ferramentas da IBM começou no início de janeiro na equipe que desenvolve a solução SAJ Tribunais. Em abril, será a vez dos times que desenvolvem o SAJ Procuradorias e SAJ Ministérios Públicos adotarem a metodologia, que prevê práticas, papéis e atividades para aplicar o desenvolvimento Lean e Agile em escala corporativa. Até agosto, todas as ferramentas entrarão em operação.

Para Fausto, a adoção de uma solução integrada “ajuda na gestão do desenvolvimento, no gerenciamento das atividades do dia a dia e na colaboração entre as equipes para entregar mais, em menor tempo e com mais qualidade”.

Foto Confira galeria de fotos da execução do Projeto Elos na Softplan. (Clique na foto para ampliar) 

Sobre a IBM

Com mais de 398 mil colaboradores espalhados em diversos continentes, a IBM é a líder em soluções de TI. Detém mais patentes do que qualquer outra empresa americana baseada em tecnologia e tem 15 laboratórios de pesquisa no mundo inteiro. A empresa possui cientistas, engenheiros, consultores e profissionais de vendas em mais de 150 países. Funcionários da IBM já ganharam cinco prêmios Nobel, quatro Prêmios Turing (conhecido como o Nobel da computação), dentre vários outros.

Sobre a Softplan

A Softplan é uma das maiores empresas de software de Santa Catarina, com cerca de 1.500 colaboradores. Atua há 24 anos no desenvolvimento de softwares de gestão empresarial e gestão pública. Desenvolve soluções corporativas para segmentos específicos de negócios, com foco em cinco áreas de atuação: indústria da construção; administração pública; projetos cofinanciados por organismos internacionais; departamento de infraestrutura, transportes e obras; judiciário, Ministério Público e Procuradorias. Suas soluções já estão presentes em todos os estados brasileiros, em países da América Latina e nos Estados Unidos.

A IBM e a Softplan já são parceiras. O Sienge, uma das soluções para a Indústria da Construção Civil, tem operação na nuvem (em datacenter também da IBM) e é utilizado por cerca de mil empresas no Brasil, o que consolidou a Softplan como das maiores players de software como serviço (SaaS) da América Latina e também um grande case de sucesso em cloud da IBM.

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram