Plataforma Docker imprime agilidade a aplicações do Sistema de Automação da Justiça

23/07/2015 | 3 min. de leitura

Um clique. Esse é o esforço máximo que servidores de tribunais, ministérios públicos e procuradorias, que utilizam as soluções de integração entre as instituições (web services) do Sistema de Automação da Justiça (SAJ), precisarão fazer para que ocorra a instalação da solução no sistema, após a migração da tecnologia atual para a plataforma Docker. A primeira experiência nesse sentido começou este mês, com o web service de integração com a Secretaria da Fazenda (SEFAZ).

O Docker é uma plataforma que facilita a instalação e o desenvolvimento de aplicações (soluções de integração), automatizando etapas que normalmente são feitas de forma manual. O mecanismo também facilita a compatibilidade com sistemas operacionais. A mudança de tecnologia nos web services do SAJ faz parte do projeto Kaizen, da Softplan, que prevê também o treinamento de desenvolvedores da equipe web, dos funcionários que fazem a instalação e dos usuários.

“Hoje em dia as aplicações são muito complexas, elas têm muitas integrações, muitos recursos. Isso tornou toda a infraestrutura por trás delas complexa também. Então existe a necessidade de automatizar o processo de instalação de uma aplicação, não só de instalar, mas também de garantir que tudo o que é necessário para que ela funcione esteja presente, configurado e pronto para funcionar”, explica o gerente de Desenvolvimento da Softplan, Anderson Soffa.

A migração do web service de integração com a SEFAZ para a plataforma Docker será finalizada na primeira semana de agosto. Os próximos passos do projeto impactarão o Sistema de Automação da Justiça para Procuradorias (SAJ Procuradorias) municipais, conhecido também como PGMBOX; os web services de integração do Modelo Nacional de Interoperabilidade (MNI) e dos tribunais de justiça de primeiro e de segundo grau. A previsão é de que todo o cronograma seja concluído até o final de março do próximo ano.

Segundo a gestora de Projetos Kamila Aguiar, todos os usuários das aplicações contempladas no projeto contarão com uma significativa melhora de qualidade, pois será reduzido o tempo de instalação e haverá uma ferramenta de monitoramento, que auxiliará os analistas a identificar eventuais correções que sejam necessárias.

“Com certeza teremos economia de tempo”, afirma o analista especialista André Albino. Ele diz que agora o setor de infraestrutura das entidades que utilizam o SAJ terá mais autonomia e facilidade na instalação e monitoramento de web services.

Albino explica que a plataforma Docker também possibilita que sejam desligados servidores ou aplicações que não estejam em uso, o que gera uma economia de recursos para os usuários. Quando alguém for utilizar alguma dessas aplicações, elas se ligam automaticamente. “Buscamos o melhor desempenho. Conseguimos, com o Docker, otimizar a aplicação mais facilmente”, assegura.

Projeto Kaizen: melhoria contínua por meio da plataforma Docker

Plataforma DockerKaizen é uma palavra de origem japonesa que significa mudança para melhor. Nos negócios, é sempre ligada a práticas de melhoria contínua. Por esse motivo, o nome foi escolhido por Kamila para denominar o projeto que utiliza a plataforma Docker para promover a melhoria na qualidade das aplicações SAJ.

A conclusão do projeto está prevista para o final de março do próximo ano, mas ele servirá de base para novas iniciativas, que visam estender o uso da plataforma Docker para todas as outras aplicações do SAJ, além dos web services e do SAJ Procuradorias municipais, já contemplados no projeto.

ícone de leia mais Leia mais sobre as melhorias da Softplan

Softplan adota ferramenta da IBM para gestão de desenvolvimento
Softplan desenvolve Relatório Anual de Evolução Tecnológica

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram