MPAM retoma capacitações para implantação do SAJ Ministérios Públicos

24/06/2020 | 3 min. de leitura

mpam-saj-ministérios-públicos-implantação-1
Foto: Divulgação/MPAM

O Ministério Público do Amazonas (MPAM) retomou nesta segunda-feira (22) as capacitações do Sistema de Automação da Justiça nas últimas promotorias contempladas no projeto. Para não atrasar o cronograma por conta dos efeitos da pandemia, o MPAM e a Softplan decidiram fazer os treinamentos em formato misto, com videoconferências e atividades presenciais. O SAJ Ministérios Públicos está em operação no Estado do Amazonas desde agosto de 2019.

De 106 promotorias do MPAM, 99 já tiveram o sistema implantado. Agora restam apenas sete, sendo cinco da Capital e duas de Iranduba. Em etapas seguintes, participarão das capacitações os órgãos de apoio, a Secretaria Geral, a Corregedoria e as procuradorias.

“Na quarentena, suspendemos os treinamentos, mas prosseguimos com todas outras fases de implantação, como levantamento, validação e configuração das unidades. Com a pandemia, teremos restrições quando voltarmos ao trabalho presencial, daí a necessidade de adotarmos um sistema misto de treinamento. Vamos fazer treinamento presencial, mas também o remoto”, disse a coordenadora do grupo gestor, promotora de Justiça Cley Martins.

SAJ ajudou MPAM a continuar funcionando na quarentena

A importância da implantação do SAJ Ministérios Públicos, com os treinamentos dos usuários, vem dos resultados apresentados na quarentena. Os números mostram que, de março até o fim de maio deste ano, as unidades que já usam o sistema registraram 116.512 atos. Por exemplo: manifestações em processos criminais (15.319), peticionamentos cíveis (33.067) e procedimentos extrajudiciais instaurados (1.748). O Ministério Público do Amazonas entrou em regime remoto no dia 19 de março.

“Nossos times trabalharam com ainda mais dedicação para garantir que as operações de nossos clientes se mantivessem ativas na quarentena. Ficamos muito contentes em apoiar o MPAM nos serviços prestados à comunicado do Amazonas neste período tão crítico. Entendemos que a Justiça não pode parar, ainda mais no momento que estamos vivenciando, em que o Ministério Público tem um papel fundamental para fiscalizar as ações de combate à pandemia”, disse o diretor executivo da Softplan, Ilson Stabile.

A Procuradora-Geral de Justiça, Leda Mara Albuquerque, considera que algumas dificuldades sejam normais ao processo de implantação. Ainda mais com as restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus, seguidas pelos órgãos do sistema de Justiça. 

“Esse rompimento de paradigmas vai impactar na realidade dos colegas, mas o nosso desejo é que, tão logo a classe comece a trabalhar de forma mais efetiva com o sistema, as dificuldades sejam superadas e ele venha a somar com a atuação dinâmica, efetiva, célere do Ministério Público do Amazonas”, avalia a PGJ.

Melhorias nas condições de trabalho remoto

As mudanças causadas pelo teletrabalho obrigaram as instituições a buscarem soluções criativas para não afetar a prestação de serviços. O MPAM foi um exemplo proporcionar as condições para que trabalho remoto pudesse ser realizado. Começando por mudanças no sistema de telefonia, destinado especialmente para o atendimento ao público externo. Todos os departamentos tiveram seus ramais reprogramados para permitir o desvio das chamadas para números de celulares funcionais.

Para o SAJ Ministérios Públicos, o aumento da capacidade para 700 acessos simultâneos garantiu um serviço semelhante ao presencial.

“Caso o MPAM não tivesse feito a aquisição e instalação do SAJ Ministérios Públicos, os membros da Capital provavelmente estariam impossibilitados de desempenhar suas atividades junto ao Tribunal de Justiça, que não teria como disponibilizar toda a infraestrutura necessária para atender os magistrados e os membros ao mesmo tempo”, afirma o diretor de Tecnologia da Informação do MPAM, Eudo Assis Lima.

Com informações: Arnoldo Santos – ASCOM MPAM

Seus comentários são sempre muito bem-vindos. Comente!

Este espaço destina-se às repercussões sobre notícias e artigos publicados no SAJ Digital. São de responsabilidade de seus autores. Não servem como abertura de chamados e atendimentos para o portal e-SAJ.

Leia também

Receba nossas novidades por e-mail:

Fale com o
especialista
Desenvolvido por: Linkedin Instagram